Inspiração para decoração industrial

Eu tenho uma paixão platônica enrustida por decoração industrial, sério. Gosto de tudo: da iluminação fria, dos fios aparentes, da parede e do piso bruto, das linhas retas. Acho que fica tudo com cara de loft novaiorquino, sabe? Um charme. Tudo o que olho, quero decorar com esse estilo.



E estilo apareceu nos meados dos anos 50 e 70, na época em que começaram a se transformar galpões em lares. Hoje a gente transforma casas para que tenham cara de galpões, que doido hehehehe.



E foi aquilo que eu falei, o que marca esse estilo são essas cores e esses materiais frios como o metal, as linhas retas, os revestimentos brutos como o tijolo aparente e o cimento queimado, a instalação elétrica fica aparente, a iluminação lembra luminária de fábrica, quando não é só a lâmpada. E não é qualquer lâmpada, porque agora é a moda do filamento de carbono que, diga-se de passagem, é charmosa pra caramba, né?

Essa moda não ficou restrita somente aos lares não. Ela está em todos os restaurantes, bares, barbearias e locais moderninhos. É uma febre do cascudo chique. Uma perninha nesse estilo que está bem alta também é o men's cave (falo sobre isso outro dia, ta?) que veio forte com essa história dos homens que barbudos que frequentam barbearia, tem mais do que 3 cosméticos no banheiro e se vestem de jeito estiloso.

Você pode usar e abusar do estilo, e pra não deixar a casa com aquela cara de gótico demais, você pode aproveitar e entrar com algumas peças de design coloridas e quebrar o gelo.

Aposte em muito aço galvanizado, aqueles armários de ferro de colégio (meu sonho)

Quer se inspirar, pirar e se apaixonar comigo? Vem ver:















Quero morar num lugar assim, da pra ser?

Um beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário